Duas tendências de peso - TGI Consultoria

Duas tendências de peso

Além das tendências macroeconômicas para o ano 2000, já referidas no Conjuntura & Tendências número 253, outros fatores relevantes, pelo seu potencial de impacto sobre a gestão empresarial, merecem destaque nesse início de ano.
São eles a Competição, a Internet, a Segurança e a Responsabilidade Social.
Neste número são expostas as duas primeiras dessas tendências, no próximo será a vez das outras duas.

C o m p e t i ç ã o

O surgimento de concorrentes novos, agressivos, inovadores é uma tendência de peso em praticamente todos os setores empresariais. 
O fenômeno da globalização e suas conseqüências, a desregulamentação de muitos setores da economia, a explosão da Internet, a descoberta de materiais novos e mais baratos, a crise do Estado e a diminuição da oferta de empregos públicos, a disseminação do espírito empreendedor, as privatizações, o aumento da pressão sobre os monopólios etc; tudo isso tem contribuído para a disseminação e o aumento da concorrência e, por conseguinte, da competição entre empresas.

 

Andy Grove, o homem que transformou a Intel no maior fabricante mundial de chips para computador, já advertiu, escrevendo um livro intitulado “Só os Paranóicos Sobrevivem” (Editora Futura, São Paulo, 1997), que a concorrência exige vigilância máxima, portanto olho vivo nos concorrentes, mesmo que pareçam sem importância.

 

I n t e r n e t

 

Rigorosamente ninguém sabe no que vai dar a tal da Internet. Só se sabe que ela cresce assustadoramente. Já se fez a previsão, em forma de piada, de que se ela continuar crescendo no ritmo dos últimos anos, em pouco tempo o número de internautas será maior do que a população da terra…
 
Tem muita gente fazendo fortuna na Internet e mais gente ainda perdendo muito tempo e dinheiro nela. Uma coisa, todavia, parece certa: praticamente todos os produtos e serviços serão, pelo menos em parte, digitalizados. Duas questões relevantes precisarão ser respondidas do ponto de vista da gestão empresarial e do futuro do negócio: que parte será essa? como serão os novos modos de produção e comercialização?
Pelo sim, pelo não, entre na Internet, mesmo que você ainda não saiba direito o que fazer lá nem como se portar. Neste momento, o importante é experimentar e começar a pensar incorporando a dimensão virtual/digital. A sobrevivência da empresa no futuro pode depender disto.

O aumento da competição e a explosão da Internet estão relacionados e, em alguns setores, os concorrentes perigosos estão surgindo de dentro da rede. Por isso, toda a atenção é pouca a essa nova realidade competitiva. No decorrer dos anos 2000, decididamente, muito mais do que a diferença de um milênio para o outro haverá, do ponto de vista empresarial, a diferença entre dois tempos: antes e depois da era digital.