As empresas estão preparadas? - TGI Consultoria

As empresas estão preparadas?

    Um dos resultados mais expressivos da Pesquisa Empresas & Empresários – Ano 6 (uma realização da TGI/ Jornal do Commercio, com o patrocínio da Celpe e do Sebrae e o apoio do Departamento de Ciências Administrativas da UFPE, do IEL-PE e da AD/DIPER) foi o que apontou que 75% das pessoas entrevistadas responderam que as empresas de Pernambuco estão pouco preparadas (60%) ou totalmente despreparadas (15%) para enfrentar o novo quadro da economia.
    Este resultado equivale a responder NÃO à pergunta do título.
 Imagem 64.JPG
    As razões apontadas para este despreparo foram:
1.  Apego à filosofia inflacionária;
2.  Baixa capacidade gerencial e pouco profissionalismo;
3.  Dependência da postura governamental;
4.  Falta de planejamento estratégico;
5.  Déficit tecnológico;
6.  Baixa qualificação da mão-de-obra;
7.  Falta de trabalho com o mercado externo;
8.  Falta de visão voltada para a satisfação do cliente;
9.  Individualismo e falta de integração;
10.  Dificuldades com a gestão financeira.

    Em relação às empresas consideradas razoavelmente preparadas (12%) e plenamente preparadas (4%) os fatores apontados como determinantes foram:
1.  Capacidade de antecipar-se ao futuro;
2.  Desenvolvimento da capacidade gerencial;
3.  Aperfeiçoamento da qualidade dos produtos e serviços;
4.  Investimento em tecnologia e informatização;
5.  Sintonia com o mercado exterior.

imagem.JPG